Arce será apresentado como novo técnico do Olímpia, do Paraguai

  • Por Agência EFE
  • 16/03/2015 11h31
Arce; Paraguai

Francisco “Chiqui” Arce, ex-treinador de Cerro Porteño, será apresentado nesta segunda-feira como novo técnico de Olímpia, após ter chegado ontem à noite a um acordo com a direção do clube paraguaio, que contava com um técnico interino após a demissão do argentino Nery Pumpido.

Arce se comprometeu com Olímpia, o rival de Cerro Porteño por excelência, até o final da temporada 2015, segundo informou o jornal esportivo “D10”.

O meio acrescentou que o acordo aconteceu na noite do domingo, depois que do empate do Olímpia no Torneio Apertura com o modesto Santaní.

O nome de Arce começou a ganhar força no sábado, depois que vazou um encontro que teve com o presidente de Olímpia, Marco Trovato.

A crise do Olímpia ocorre desde o ano passado, quando a equipe era dirigida pelo uruguaio Diego Alonso.

Perante a falta de resultados, Alonso foi substituído, em outubro, por Pumpido, que caiu há duas semanas, após seis meses à frente da equipe.

Espera-se que Arce estreie como técnico de Olímpia na próxima quinta-feira perante Sportivo Luqueño.

Arce deixou Cerro Porteño em agosto de 2014 em consequência dos maus resultados.

No entanto, em 2013, levou o time à glória ao ganhar o Torneio Clausura sem perder uma só partida, o que o valeu o título de “treinador do ano” pelo jornal “D10”.

Arce, que foi treinador da seleção paraguaia de futebol entre 2011 e 2012, estreou em 1991 como jogador do Cerro Porteño, equipe da qual se declarava “torcedor fanático”.