Argentina registra duas mortes por infarto relacionadas a jogo da seleção

  • Por Agência EFE
  • 10/07/2014 16h15

Mortes por infarto foram registradas em jogo da Argentina contra a Holanda

Torcida da Argentina comemora após vitória sobre Holanda

Pelo menos duas pessoas morreram em consequência de paradas cardíacas na Argentina durante o jogo entre a seleção do país e a Holanda nesta quarta-feira, pelas semifinais da Copa do Mundo, segundo informações divulgadas nesta quinta pela imprensa local.

Na província de Santiago del Estero, a cerca de 950 quilômetros de Buenos Aires, um adolescente de 16 anos morreu após sofrer um infarto depois do primeiro pênalti defendido pelo goleiro argentino Sergio Romero.

O fato ocorreu na cidade de La Banda, onde a prefeitura instalou um telão em uma praça para retransmissão do jogo disputado na Arena Corinthians, em São Paulo. Segundo fontes da polícia, o jovem chegou ao hospital já sem vida, apesar às tentativas de reanimação que lhe tinham praticado.

“Durante a prorrogação ele já dizia que estava se sentindo mal, que estava nervoso, mas como estávamos sofrendo pelos jogos, ríamos e não acreditávamos que ele estava tão mal”, relatou um dos amigos do adolescente morto.

A outra vítima foi um entregador de jornais, que morreu na cidade de Marcos Juárez, em Córdoba, localizada a cerca de 400 quilômetros de Buenos Aires.

O homem, Gustavo Offer, de 45 anos, sofreu um infarto quando participava dos festejos pelo triunfo que levou a Argentina a sua primeira final de Copa em 24 anos.