Atletas austríacas que disputarão Jogos de Inverno são ameaçadas de sequestro

  • Por Agência EFE
  • 04/02/2014 14h48

A esquiadora austríaca Bernadette SchildBernadette Schild

O Comitê Olímpico Austríaco (OOC) confirmou nesta terça-feira que recebeu uma carta na qual duas de suas atletas são ameaçadas de sequestro durante os Jogos de Inverno, que acontecerão em Sochi (Rússia) a partir da próxima sexta-feira até o dia 23 deste mês.

“A carta foi entregue imediatamente a funcionários do Ministério do Interior de Viena para ser investigada. Na atualidade, descarta-se qualquer ameaça grave a nossa segurança”, afirmou o OOC em comunicado.

As ameaças são dirigidas à esquiadora Bernadette Schild e à piloto de skeleton Janine Flock. Inicialmente, havia sido informado que uma das ameaçadas era Marlies Schild, irmã mais velha de Bernadette e dona de três medalhas olímpicas.

O secretário-geral do OCC, Peter Mennel, disse nesta terça à agência de notícias austríaca APA que apenas quatro pessoas no Comitê sabiam das cartas anônimas e que não sabe como vazou a informação sobre as correspondências nem o motivo da confusão entre as duas irmãs.

Ainda segundo Mennel, ele conversou sobre a carta com Flock, com quem estava junto no voo de Viena para Sochi, e acrescentou que confia nas medidas de segurança da entidade e por isso não está preocupado.

O secretário-geral informou ainda que os atletas terão a companhia de dois membros das forças especiais da polícia austríaca, que os acompanharão quando saírem da vila olímpica.

Os serviços secretos da Áustria também estão investigando a carta, e no Ministério do Interior ninguém quis revelar detalhes do dispositivo de segurança que protegerá a delegação ou se este será reforçado após a ameaça.