Atletas russos recorrem à CAS para poderem participar dos Jogos Olímpicos

  • Por EFE
  • 04/07/2016 09h44
Yelena Isinbayeva - Divulgação

O Comitê Olímpico Russo (ROC), a Federação Internacional de Atletismo (IAAF) e 68 atletas russos chegaram a um acordo nesta segunda-feira para designar a Corte Arbitral do Esporte (CAS) como a instância definitiva para resolver o impasse sobre a participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Segundo informou a CAS em comunicado, as partes decidiram realizar um procedimento rápido que deve ser resolvido até o próximo dia 21, duas semanas antes do começo do evento.

A decisão da IAAF de suspender a Federação Russa de Atletismo (ARAF) por doping sistemático de seus atletas adotada em novembro do ano passado, e confirmada no dia 17 de junho, impede os atletas russos de participarem dos Jogos, de acordo com a regra 22.1 da IAAF.

Essa norma determina que os atletas pertencentes a uma federação suspensa não são elegíveis para participar de competições sob as regras da IAAF, como são os Jogos Olímpicos.

Em sua reivindicação à CAS, o Comitê Olímpico Russo e os 68 atletas pedem ao tribunal que revise a validade da norma da IAAF e que ordene que possa participar dos Jogos qualquer atleta russo que não estiver sujeito a sanção por violar a legislação antidoping (condicionado aos critérios de classificação).