Atuações contra Santos mostram por que Jailson foi escolhido para ser titular do Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 28/03/2018 09h23
Divulgação / Ivan Storti / Santos FC Jailson parou atacantes do Santos no primeiro jogo

Desde o começo da temporada, o Palmeiras conta com três goleiros com condições de começar jogando: Fernando Prass, Jailson e Weverton são experientes e jogaram em alto nível recentemente. Por isso havia grande dúvida sobre quem seria escolhido para ser titular. A comissão técnica optou por Jailson, em uma decisão que pareceu surpreendente para alguns, mas mostrou ser perfeita, principalmente depois dos clássicos contra o Santos, pelo Campeonato Paulista.

Titular desde o começo do Campeonato Paulista, Jailson se destacou em diversas oportunidades, tanto que o Palmeiras teve uma das melhores defesas na primeira fase – foram apenas 8 gols sofridos em 12 jogos. Diante do Santos, no primeiro jogo, Jailson foi o melhor em campo. Ele fez quatro defesas difíceis e assegurou a vitória do Verdão por 1 a 0.

Na partida de volta Jailson não conseguiu evitar a derrota por 2 a 1, então a decisão foi para os pênaltis. Alguns palmeirenses podem ter lembrado que no banco de reservas estavam dois especialistas em defender essas cobranças. Prass já foi herói do Palmeiras em algumas oportunidades por causa disso, inclusive em clássicos. Já Wéverton fez fama de pegador de pênaltis no Atlético-PR e até defendeu uma cobrança decisiva na final da Olimpíada de 2016.

Mas nem essa concorrência tirou Jailson do gol palmeirense. E ele correspondeu: defendeu uma cobrança de Diogo Vitor e colocou o Verdão na final do Campeonato Paulista. Saiu como grande herói da semifinal.

O único problema para Jailson é que ele recebeu uma suspensão de três jogos recentemente, por causa de fatos ocorridos no clássico contra o Corinthians. Ele só cumpriu dois e atuou diante do Santos por causa de um efeito suspensivo concedido pelo TJD (Tribunal de Justiça Desportiva). Se a Justiça determinar que Jailson precisará cumprir a suspensão restante, ele ficará fora da primeira partida da final do Campeonato Paulista. O adversário do Palmeiras neste jogo será decidido nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no clássico entre Corinthians e São Paulo. A primeira partida terminou 1 a 0 para o time tricolor.