Austrália vence Coreia na prorrogação e fatura Copa da Ásia pela primeira vez

  • Por Agência Estado
  • 31/01/2015 09h57
James Troisi comemora após gol da vitória

A seleção australiana fez história neste sábado e conquistou o título da Copa da Ásia pela primeira vez. Apenas em sua terceira participação no torneio – até 2006 o país era filiado à Confederação de Futebol de Oceania -, a equipe se aproveitou do fato de atuar em casa e, empurrada pela torcida, levantou o troféu em Sydney ao derrotar a Coreia do Sul na decisão por 2 a 1, na prorrogação. De quebra, se garantiu na Copa das Confederações de 2017, na Rússia.

Para faturar o primeiro troféu da Copa da Ásia, a Austrália precisou superar um grande susto. Os anfitriões venciam por 1 a 0 até os 45 minutos do segundo tempo, quando a Coreia chegou ao empate e levou o jogo para a prorrogação. Mas a torcida seguiu empurrando sua seleção e no tempo extra os donos da casa marcaram o gol que garantiu o título.

De quebra, os australianos superaram o trauma de quatro anos atrás, quando, no Catar, a seleção também chegou à final e foi para a prorrogação, mas caiu por 1 a 0 diante do Japão. A Coreia do Sul, por sua vez, ficou com o vice pela quarta vez. O país tentava a primeira conquista desde 1960, a terceira no total – foi campeão também em 1956.

A Austrália ainda devolveu a derrota sofrida diante da Coreia do Sul na primeira fase, na qual os asiáticos levaram a melhor por 1 a 0 e terminaram com a ponta do Grupo A. Esta, aliás, foi a única derrota dos australianos na competição. Os sul-coreanos estavam invictos até a decisão.

Em um primeiro tempo equilibrado, os australianos abriram o placar aos 45 minutos, quando Luongo recebeu na intermediária e acertou belo chute de fora da área. Quando a vitória parecia certa, Son Heung-min aproveitou saída de bola errada do adversário e tocou na saída do goleiro, já nos acréscimos da etapa final.

A ida à prorrogação não desanimou os donos da casa, que jogavam melhor até chegarem ao gol da vitória. Aos 15 minutos, Juric fez ótima jogada pela direita. Na raça e na habilidade, ganhou do zagueiro e cruzou para a área, o goleiro Kim Jin-hyeo deu rebote para o meio da área e Troisi bateu para o gol vazio.