Ayrton Senna é o novo integrante do time de embaixadores paralímpicos

  • Por Lancepress
  • 09/09/2015 18h38
***20 ANOS DA MORTE DE AYRTON SENNA*** GP do Brasil de Fórmula 1, 1990: o piloto Ayrton Senna antes da largada. (São Paulo, SP, 25.03.1990. Foto de Jorge Araújo/Folhapress) lightbox Ayrton Senna ORG XMIT: AGEN1011240704222326 Folhapress 20 anos sem Senna: relembre imagens históricas do piloto brasileiro

O brasileiro Ayrton Senna é o novo embaixador paralímpico. Durante a abertura da exposição de fotos sobre os 20 anos do CPB, na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, o tricampeão mundial de Fórmula-1 foi entitulado (in memoriam) pelo Comitê Paralímpico Brasileiro. 

O vice-presidente do CPB, Mizael Conrado, emocionou-se ao anunciar o mais novo parceiro e ressaltou a importância da presença do ex-piloto no grupo de embaixadores.

“Os nossos valores são os mesmos. O Ayrton trouxe muito o que nós trazemos hoje para a sociedade brasileira, que é o orgulho do Brasil, orgulho dos feitos dos brasileiros. Quem não se lembra das manhãs de domingo com o Ayrton nos enchendo de alegria?”, disse o ex-atleta e campeão paralímpico de futebol de 5 (para cegos).

Representante do Instituto Ayrton Senna, Larissa Mrozowski fez discurso ressaltando o projeto e agradecendo ao Movimento pela escolha do ex-piloto, que sempre defendeu os valores dos atletas paralímpicos.

“Estou muito emocionada em representar o Instituto, que agora, de alguma forma, fará parte de algo tão lindo quanto o Movimento Paralímpico. Ambos compartilham valores semelhantes de determinação, superação e garra, que o Ayrton sempre acreditou”, relatou.

Além de Ayrton Senna, integram o time de embaixadores Fernanda Lima, Rodrigo Hilbert, Emerson Fittipaldi, Flávio Canto, Luiz Severiano Ribeiro, Romário e Ronaldinho Gaúcho. A cerimônia contou com a presença da representante do Instituto Ayrton Senna, Larissa Mrozowski, do presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC), Sir Philip Craven, do vice-presidente do CPB, o ex-atleta  Mizael Conrado, e do nadador Andre Brasil, dono de dez medalhas em Jogos Paralímpicos.