Barça conta com a sorte e com Messi, vira contra o Villarreal e ainda sonha

  • Por EFE
  • 27/04/2014 18h37
Messi vai bem e Barça vira sobre Villarreal

O Barcelona esteve perto de uma derrota que o deixaria praticamente sem chance alguma de ser campeão espanhol, mas arrancou uma vitória de virada sobre o Villarreal por 3 a 2 em El Madrigal, com dois gols contra e um de Lionel Messi, e ainda tem chances de conquistar ao menos um título na temporada.

Eliminado nas quartas de final da Liga dos Campeões e derrotado na final da Copa do Rei, o Barça corre o risco de chegar a maio sem um troféu levantado, algo que não acontece desde 2008. A equipe catalã é vice-líder do Espanhol, a quatro pontos do Atlético de Madrid, que mais cedo bateu o Valencia por 1 a 0.

Já o Villarreal teria se garantido na próxima edição da Liga Europa com uma vitória, mas se manteve em sétimo lugar, com 52 pontos, sete a mais que o oitavo, justamente o Valencia.

Mais uma vez, o técnico do Barça, Gerardo Martino, teve que lidar com os desfalques. Foram cinco no total, entre eles o atacante Neymar, que só deverá voltar aos gramados durante a Copa do Mundo. A equipe visitante jogou de luto, com uma faixa preta no braço dos atletas, devido à morte de seu ex-treinador Tito Vilanova na última sexta-feira.

Durante a partida, em mais um ato de racismo na Espanha, um torcedor do Villarreal atirou uma banana no lateral-direito Daniel Alves, que recolheu a fruta no gramado e a comeu.

Com a bola rolando, o Barcelona foi mais uma vez apático, como vem acontecendo na parte final da temporada, e levou o primeiro gol aos 46 minutos dos primeiro tempo. Jonathan Pereira lançou entre os zagueiros e Cani apareceu na grande área para tocar rasteiro. Na segunda etapa, aos dez minutos, Aquino cruzou e Trigueros completou de cabeça para fazer o segundo.

Aos 20 minutos, começou a aparecer a sorte do time visitante. Daniel Alves cruzou por baixo, o zagueiro Gabriel Paulista, ex-Vitória, tentou cortar e fez contra. Aos 33, o lateral brasileiro cruzou mais uma, desta vez pelo alto e, mesmo livre, Musacchio se atrapalhou e tocou de cabeça contra o próprio gol, deixando tudo igual.

Depois de uma ajudinha dos adversários, o Barça obteve a vitória com méritos próprios, Aos 38 minutos, Fàbregas tocou de cabeça e Messi, de frente para Asenjo, deslocou o goleiro e marcou o terceiro.

Mais cedo, o Atlético de Madrid venceu o Valencia por 1 a 0 no Mestalla. O único gol da partida foi marcado por Raúl García, de cabeça, aos 43 minutos da etapa inicial.

Com Atlético, Barça e Real Madrid já garantidos na próxima edição da Liga dos Campeões, resta apenas uma vaga na competição continental, que deverá ser do Athletic Bilbao, que neste domingo recebeu o Sevilla em confronto direto e venceu por 3 a 1, abrindo seis pontos de frente.

Susaeta, Muniaín e Ander Herrera fizeram um gol cada e abriram 3 a 0 para os donos da casa no San Mamés. Gameiro deixou o dele a 15 minutos do final e descontou.

Na briga para fugir do rebaixamento, o Almería, que abre a zona perigosa, se colocou a dois pontos do time imediatamente à frente na tabela, o Getafe, com uma vitória sobre o Espanyol por 2 a 1 de virada.