Barcos se diz “feliz” no Grêmio, mas admite que gostaria de jogar no Boca

  • Por EFE
  • 09/05/2014 19h53
Com gol de Barcos

Apesar de se dizer “feliz” no Grêmio, o atacante Hernán Barcos afirmou nesta sexta-feira à imprensa argentina que “seria lindo” defender o Boca Juniors, mostrando-se receptivo a uma possível proposta do clube de Buenos Aires.

Barcos admitiu que os salários no futebol argentino são inferiores aos do Brasil, mas avaliou como valiosa a oportunidade de defender o Boca.

“Fico feliz por escutar (especulações de) meu nome em um clube tão grande como o Boca, mas estou tranquilo. Tenho contrato com o Grêmio até fevereiro de 2016, e (o Boca) teria que falar com o Grêmio e depois comigo. Seria lindo, é um clube pelo qual todo jogador no futebol argentino gostaria de jogar”, declarou o atacante à rede de TV “TyC Sports”.

“Estou feliz no Grêmio, mas se tiver que sair, vai ser para melhor. Vou esperar as propostas”, resumiu o atacante.

Barcos também afirmou que conversou com líderes de torcidas organizadas do Grêmio, que protestaram contra o elenco após a eliminação nas oitavas de final da Taça Libertadores pelo San Lorenzo.

“Sou o capitão, a referência. Expliquei a situação, como é o futebol, e eles me apoiaram”, concluiu.