Bareinita conquista ouro nos 3.000m com obstáculos e fica perto do recorde

  • Por EFE
  • 15/08/2016 14h43

Ruth Jebet ficou a um segundo do recorde dos 3000m com barreiras

Ruth Jebet ficou a um segundo do recorde dos 3000m com barreiras

A queniana naturalizada bareinita Ruth Jebet, de 19 anos, ficou a apenas um segundo de bater o recorde mundial na final dos 3.000m com obstáculos e conquistou o ouro nessa segunda-feira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Liderando desde o começo da prova, Jebeth concluiu os primeiros mil metros em 3min5s75 e os segundos em 6min0s06, para fechar a prova com a marca total de 8min59s75, apenas um segundo a mais que o recorde mundial da russa Gulnara Galkina.

Sob forte calor no Estádio Olímpico Nilton Santos, o Engenhão, a atleta do Bahrein impôs o ritmo da final e, no último quilômetro, abriu 20 metros sobre a queniana Hyvin Jepkmoi, campeã mundial em Pequim no ano passado, que ficou com a prata marcando o tempo de 9min07s12.

Completou o pódio a americana Emma Coburn, que ultrapassou a queniana Beatrice Chepkoech na última volta e, além de conquistar o bronze, estabeleceu o novo recorde americano da prova com a marca de 9min07s63.