Barrado em final, Hamilton recebe convite da organização de Wimbledon

  • Por Jovem Pan
  • 14/07/2015 13h58
Lewis Hamilton

O britânico Lewis Hamilton bem que tentou acompanhar a final do torneio de Wimbledon, entre Novak Djokovic e Roger Federer, no último domingo (12), mas acabou sendo barrado na entrada da quadra central por não estar vestido de acordo com o código de vestimentas do Royal Box, o camarote real, mas o momento constrangedor vivido pelo piloto da Mercedes vai ser amenizado pela organização do torneio. Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, Richard Lewis, diretor-executivo do All England Club, lamentou o ocorrido e garantiu que Hamilton será convidado para assistir à final masculina em 2016 no mesmo setor.

“Nós definitivamente vamos convidá-lo a voltar, e espero que ele consiga encaixar isso na sua agenda. O problema foi que não tínhamos nada apropriado para ele em mãos para vestir naquele que é um lugar muito restrito”, lamentou o dirigente britânico, que falou sobre a reação tranquila de Hamilton ao ser impedido de adentrar ao setor. Ele foi educado. Estamos muito esperançosos que ele conseguirá voltar”, disse Richard Lewis.

O incidente aconteceu porque Lewis Hamilton, bicampeão mundial da Fórmula 1, estava vestindo calça, chapéu e camisa florida, mas o Royal Box exige terno, gravata e sapato para acesso ao setor.

Na decisão de Wimbledon, o sérvio Novak Djokovic acabou sagrando-se campeão ao derrotar o suíço Roger Federer por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7-1), 6/7 (10-12), 6/4 e 6/3.