Bauru se recupera e consegue virada incrível sobre o Real Madrid

  • Por Agencia EFE
  • 26/09/2015 00h41

São Paulo, 25 set (EFE).- O Bauru conseguiu uma virada impressionante nesta sexta-feira, após estar 17 pontos atrás no placar no terceiro quarto, e superou o Real Madrid, por 91 a 90, no primeiro jogo da Copa Intercontinental de Basquete, que coloca frente à frente os campeões da Liga das Américas e da Euroliga de basquete, no ginásio do Ibirapuera em São Paulo.

O jogo começou bastante estudado e equilibrado, com as duas equipes adotando posturas parecidas e se alternando na liderança do placar. O primeiro quarto terminou com ligeira vantagem para o time espanhol, 22 a 19.

Como era esperado, a torcida do Bauru compareceu em peso ao ginásio e não deixou de incentivar em nenhum momento o time do interior paulista, que iniciou o segundo período disposto a assumir a liderança e chegou a impor cinco pontos de vantagem sobre os espanhóis, mas acabou se perdendo ao tentar ampliar a vantagem, abusando dos chutes de três pontos, sem sucesso.

Com isso, o Real se aproveitou do apagão do Bauru, que chegou a ficar quatro minutos sem marcar uma cesta sequer, e conseguiu recuperar sua vantagem, fechando o primeiro tempo com o placar de 37 a 30.

Na volta do intervalo, o cansaço pareceu ter abatido o time do Bauru, que assistiu ao Real tomar o controle da partida e, após quatro cestas de três pontos praticamente seguidas, ampliar a vantagem para 17 pontos.

No entanto, o Bauru não se abateu e conseguiu melhorar seu jogo defensivo ao mesmo tempo em que a bola voltava a cair no ataque, conseguindo uma recuperação que deixou o jogo em aberto para o último quarto, com o time espanhol à frente por apenas três pontos de diferença (62 a 59).

No último e emocionante quarto, o armador Ricardo Fischer e o ala Leo Meindl, somados ao pivô Rafael Hettsheimeir, mantiveram vivas as esperanças do Bauru, que lutou até o final. A sete minutos do fim, Meindl acertou um chute de três que deu a virada para o time paulista, 67 a 66. A partir daí, as equipes se revezaram na liderança do placar e chegaram empatadas em 89 a 89, faltando sete segundos para o estouro do cronômetro.

O ala-pivô Felipe Reyes teve a chance de colocar o Real em vantagem após sofrer falta, mas converteu apenas um dos lances livres. No último lance do jogo, Fisher recebeu passe de Alex e conseguiu converter os dois pontos em uma infiltração, fechando o placar em 91 a 90 para o atual campeão da Liga das Américas.

O grande destaque do Bauru foi Rafael Hettsheimeir, cestinha da partida com 27 pontos, seguido por Leo Meindl, com 15 pontos, Alex Garcia e Ricardo Fisher, ambos com 12. Já pelo Real Madrid, o principal anotador foi o americano Jaycee Carroll, com 18 pontos, seguido por Sergio Llull, com 17, e Howard Thompkins, com 12.

No próximo domingo será disputado o segundo e definitivo jogo. O Bauru joga por um empate para ser campeão. Caso perca por apenas um ponto, o jogo seguirá para a prorrogação, mas se for derrotado por uma diferença maior, o título fica com o Real Madrid. EFE

rpr/rd