Bayern goleia, afunda Schalke 04 ainda mais e aumenta vantagem na ponta

  • Por Agencia EFE
  • 01/03/2014 17h54
Bayern faz contagem regressiva para título do alemão

O Bayern de Munique não teve pena do Schalke 04, que na quarta-feira havia sido derrotado pelo Real Madrid por 6 a 1 pela Liga dos Campeões, aplicando a segunda goleada sofrida pela equipe de Gelsenkirchen na semana, desta vez por 5 a 1 na Allianz Arena, e aumentou a diferença na liderança do Campeonato Alemão.

Dono do torneio, em que venceu 21 das 23 partidas e ainda se mantém invicto, o Bayern já tem 65 pontos, 20 a menos que o segundo colocado. A vice-liderança agora é do Borussia Dortmund, que bateu o Nuremberg e ainda contou com um tropeço do Bayer Leverkusen diante do Maiz 05.

Já o Schalke vive uma das piores semanas de sua história recente, com 11 gols sofridos em duas partidas. O time, que vinha de uma sequência de cinco vitórias no Alemão, perderá a quarta colocação neste domingo caso o Wolfsburg derrote o Hoffeinheim fora de casa.

Claramente abalado pelo resultado do fim de semana, o time visitante foi presa fácil para o Bayern, que abriu o placar logo aos três minutos de jogo. Alaba cobrou falta, a bola desviou na barreira e saiu do alcance do goleiro Fährmann. Aos 15, Robben recebeu de Mandzukic e tocou por cima do arqueiro adversário, fazendo 2 a 0.

O placar se tornou goleada ainda antes dos 30 minutos. Aos 24, Mandzukic aproveitou cruzamento de Alaba e cabeceou para a rede. Quatro minutos depois, Robben marcou o segundo dele na partida e aumentou a diferença.

A situação do Schalke poderia ter piorado ainda mais antes do intervalo, mas o Bayern perdeu algumas chances e voltou do vestiário sem o pé no acelerador. Os visitantes aproveitaram e fizeram o de honra aos 19, quando Rafinha marcou contra.

Contudo, a alegria durou pouco. Aos 32, Papadopoulos cometeu pênalti em Mandzukic e foi expulso. Robben cobrou e chegou a um “hat-trick”.

Com 20 pontos a menos que o Bayern, o Dortmund assumiu a vice-liderança fazendo 3 a 0 no Nuremberg no estádio Signal Iduna Park. Os três gols saíram no segundo tempo, através de Hummels, Lewandowski e Mkhitaryan.

A subida para o segundo lugar aconteceu porque o Leverkusen foi surpreendido pelo Mainz, sexto colocado, na BayArena. O único gol do duelo foi marcado por Choupo-Moting, aos 37 minutos da primeira etapa.