Beckenbauer elogia Blatter e diz que corrupção na Fifa é culpa do “sistema”

  • Por Agência EFE
  • 30/05/2015 10h22
Divulgação Franz Beckenbauer sorri para foto Franz Beckenbauer recebeu multa da Fifa por irregularidades na organização da Copa de 2006

O ex-jogador alemão Franz Beckenbauer elogiou neste sábado o presidente reeleito da Fifa, Joseph Blatter, e criticou a estratégia da Uefa de oposição ao suíço, colocando a culpa da corrupção na entidade máxima do futebol no “sistema”.

“Blatter é, sem dúvida, uma personalidade forte e que tem um enorme prestígio no mundo”, ressaltou o presidente de honra do Bayern de Munique em entrevista ao jornal alemão “Thüringer Allgemeinen”, na qual ressaltou que só os europeus foram contrários à candidatura do dirigente suíço.

Em um ato com patrocinadores da Copa da Alemanha, que será decidida hoje em Berlim, Beckenbauer afirmou que Blatter não teria como conhecer os casos de corrupção investigados na Fifa pelas autoridades americanas e suíças.

“É o sistema e não o individuo. A Fifa é repleta de funcionários e as irregularidades continuarão existindo enquanto houver pessoas com esse tipo de atitude”, isentando Blatter de ser culpado pela atuação dos representantes das federações nacionais, seja “em Samoa ou nas Ilhas Virgens”.

Criticou também o comportamento da Uefa, incapaz de apresentar um candidato próprio, decidindo assim “apoiar uma pessoa relativamente desconhecida”, em referência ao jordaniano Ali bin al Hussein.

“Se eu quero mudar algo, tenho que oferecer uma alternativa”, destacou Beckenbauer, acreditando que as duas entidades retomaram rapidamente o diálogo, já que o confronto atrapalha as federações e o futebol de uma forma geral.