Bellucci cai diante do 215º colocado da ATP na estreia em Valência

  • Por Agência Estado
  • 27/10/2015 18h16
Melhor brasileiro no ranking da ATP

Thomaz Bellucci amargou nesta terça-feira a sua quarta derrota seguida em estreias no circuito profissional. O tenista número 1 do Brasil e 39 do mundo desta vez decepcionou ao cair já na primeira rodada do Torneio de Valência. Ele foi derrotado pelo alemão Mischa Zverev, hoje apenas o 215º colocado da ATP, que venceu por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/4), 6/7 (2/7) e 7/6 (7/5), após 2h55min de jogo.

Antes desta nova derrota, Bellucci já havia sido superado na primeira rodada do Torneio de Pequim, do Masters 1000 de Xangai e do ATP 500 de Viena. Nestas ocasiões, porém, caiu respectivamente contra David Ferrer, Milos Raonic e Gael Monfils, todos tenistas com ranking superior ao dele.

Essa foi a primeira vez também que Bellucci encarou Zverev, que é um ano mais velho que o brasileiro (tem 28 anos) e acabou triunfando em um confronto muito disputado, definido apenas após três tie-breaks. Em toda partida, cada tenista conquistou três quebras de saque, mas o brasileiro desperdiçou outros 12 break points, fato que pesou para sua eliminação. 

Bellucci, por sinal, sofreu com o saque do alemão, que contabilizou 14 aces, contra apenas três do brasileiro. O paulista só conseguiu fazer valer o seu favoritismo no tie-break do segundo set, antes de acabar sucumbindo do desempate da terceira parcial.

Com a sua vitória, Zverev se credenciou para enfrentar na próxima fase o italiano Fabio Fognini, quarto cabeça de chave, que já estreia direto na segunda rodada.

Outros três tenistas que estrearam com triunfos em jogos já encerrados nesta terça no ATP 250 espanhol realizado em quadras duras foram o japonês Taro Daniel, o português João Sousa e o britânico Aljaz Bedene. O último deles também surpreendeu ao eliminar logo de cara o francês Jeremy Chardy, oitavo pré-classificado, com parciais de 3/6, 6/2 e 6/1. Já o tenista asiático passou pelo polonês Michal Przysiezny com 4/6, 7/6 (7/2) e 6/3, enquanto Sousa bateu o luxemburguês Gilles Muller por 7/6 (11/9) e 6/3.