Bellucci faz jogo duro, mas perde para Djokovic em Paris e encerra a temporada

  • Por Agência Estado
  • 03/11/2015 19h46
Bellucci levou o primeiro set ao 12º game

Mais uma vez, o brasileiro Thomaz Bellucci não foi páreo para o sérvio Novak Djokovic. Nesta terça-feira, em sua estreia no Masters 1000 de Paris, na França, o número 1 do mundo ganhou por 2 sets a 0 – com parciais de 7/5 e 6/3, em 1 hora e 34 minutos – e avançou às oitavas de final da competição. Este foi o quinto confronto entre os dois no circuito profissional, sendo o terceiro só em 2015. Todos terminaram com vitória de Djokovic

O resultado negativo nesta terça-feira significa o fim da temporada para Thomaz Bellucci. Com 29 vitórias e 30 derrotas, além de mais um revés em um challenger, o tenista brasileiro fecha 2015 com seu melhor ranking desde 2012, quando encerrou na 33.ª posição. No ano passado, foi o 65.º e em 2013, quando sofreu uma lesão no abdômen, o 125.º colocado.

Em 2015, Thomaz Bellucci conquistou um título – o ATP 250 de Genebra, na Suíça, em maio. Agora de férias, só deverá voltar às quadras em dezembro para participar do evento-teste para os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. Entre os dias 10 e 12, jogará no Centro Olímpico de Tênis, localizado dentro do Parque Olímpico da Barra, na Barra da Tijuca.

A derrota nesta terça-feira para Djokovic foi a 32.ª de Thomaz Bellucci para um tenista Top 10 do ranking mundial em 37 partidas disputadas. Contra líderes do ranking, perdeu todas as cinco vezes. Só que assim como nos outros duelos anteriores contra o número 1, o brasileiro conseguiu dar trabalho, mas não soube aproveitar as oportunidades.

Os números em quadra são quase iguais para Djokovic e Bellucci. A diferença é que o sérvio foi mais decisivo nos momentos mais importantes de cada set. No primeiro, os dois tiveram uma quebra cada até o número 1 do mundo obter mais uma para fechar em 7/5. No segundo, tudo igual até o 4 a 3 para Djokovic, que quebrou o brasileiro mais uma vez e sacou com eficiência para ganhar a partida em 6/3.

Em outros jogos desta terça-feira em Paris, o croata Borna Coric derrotou o espanhol Fernando Verdasco com um duplo 6/4 e será o rival do britânico Andy Murray na segunda rodada. E o checo Lukas Rosol passou pelo também espanhol Guillermo García-López por 2 sets a 1 – com parciais de 6/2, 2/6 e 6/3 – para encarar agora o tenista da Espanha mais famoso do circuito: Rafael Nadal

DUPLAS – Por falar em Nadal, o ex-número 1 do mundo – atualmente em sexto lugar – foi eliminado nesta terça-feira na chave de duplas. Junto com o indiano Leander Paes, caiu diante da parceria formada pelo britânico Dominic Inglot e pelo sueco Robert Lindstedt por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.