Bellucci perde e é eliminado do Brasil Open; Feijão avança para 2ª rodada

  • Por EFE
  • 11/02/2015 02h28
Brasil Open/Divulgação Bellucci cai para eslocavo na primeira rodada do Brasil Open

O brasileiro Thomaz Bellucci foi derrotado nesta terça-feira pelo eslovaco Martín Klizan, por 2 sets a 1, com parciais de 7-5, 3-6 e 5-7, e acabou eliminado do Brasil Open, o torneio ATP 250 de São Paulo, enquanto João Souza, o Feijão, avançou para a segunda rodada ao passar pelo espanhol Pablo Carreño, por 2 sets a 0, com parciais de 6-2 e 7-6(6).

Bellucci, que é o melhor brasileiro no ranking da ATP (63º), se despediu de sua torcida após 2h34min de partida. Já Feijão, que começou a semana como o 110º tenista do mundo, precisou de 1h33min para passar pelo espanhol. Feijão encara agora Klizan, o algoz de Bellucci, na segunda rodada da competição.

Em outra partida disputada hoje, o espanhol Fernando Verdasco necessitou de 1h10min para se impor sobre argentino Máximo González, por 2 sets a 0, com parciais de 6-2 e 6-3. Na próxima rodada, Verdasco se encontrará com o sérvio Dusan Lajovic, que hoje despachou, por 2 sets a 1, com parciais de 3-6, 6-3 e 6-2, o também espanhol Pablo Andújar.

Na partida entre o colombiano Santiago Giraldo e o belga KImmer Coppejans, o tenista sul-americano precisou de 1h39min para vencer o europeu, por 2 sets a 0, com parciais de 7-5 e 7-6 (4). Agora o colombiano terá pela frente o argentino Carlos Berlocq, que bateu seu compatriota Guido Pella por 2 sets a 0, com parciais de 6-4 e 7-6 (4).

Já o argentino Federico Delbonis, que levou o título do torneio em 2014, foi derrotado por seu compatriota Facundo Bagnis, por 2 sets a 1, com parciais de 3-6, 6-2 e 4-6, em 1h57min de partida.

Bagnis ganhou seu acesso ao quadro principal mesmo perdendo na última rodada do qualifying, já que o espanhol Feliciano López, primeiro cabeça de chave e principal favorito do torneio, abandonou o torneio devido a uma lesão sofrida no último domingo, quando perdeu o ATP 250 de Quito para o dominicano Víctor Estrella. Na próxima rodada, Bagnis medirá forças com o uruguaio Pablo Cuevas.

Em outro resultado de hoje, o holandês Thiemo de Bakker superou o argentino Juan Mónaco, por 2 sets a 1, com parciais de 6-7 (5), 7-6 (4) e 6-4, e jogará na segunda rodada contra o italiano Luca Vanni.

Outro argentino, Diego Schwartzman, selou um triunfo por 2 sets a 0, com parciais de 7-5 e 6-4, sobre o italiano Paolo Lorenzi.

Schwartzman terá como próximo adversário outro italiano, Fabio Fognini, que chegou à segunda rodada automaticamente como terceiro cabeça de chave do torneio.

O Brasil Open oferece US$ 505.655 em prêmios e 250 pontos para a classificação da Associação de Tenistas Profissionais (ATP). O ganhador receberá US$ 80.850 e o vice-campeão ficará com US$ 42,6 mil.

O torneio ATP 250 é disputado nas quadras de saibro do ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e vai até o dia 15 de fevereiro.