Benfica vence Gil Vicente e volta abrir 6 pontos na liderança do Português

  • Por Agência EFE
  • 21/12/2014 20h08
Com a vitória magra

O Benfica venceu o lanterna Gil Vicente por apenas 1 a 0 neste domingo no Estádio da Luz, mas o resultado magro foi o suficiente para a equipe de Lisboa voltar a abrir seis pontos de vantagem na ponta do Campeonato Português para o vice-líder Porto, que goleou na sexta-feira o Vitória de Setúbal por 4 a 0.

O único gol do jogo foi marcado pelo argentino Nicolás Gaitán, aos 30 minutos do primeiro tempo. O goleiro brasileiro Júlio César, o meia-atacante Anderson Talisca, além dos atacantes Jonas e Lima, foram titulares da equipe treinada por Jorge Jesus.

Talisca foi quem mais teve chances de ampliar a vitória, especialmente no segundo tempo, mas acabou errando o alvo e desperdiçando duas boas oportunidades.

Com o resultado, o Benfica chegou aos 37 pontos contra 31 do segundo colocado Porto. O terceiro é o Vitória de Guimarães, com 28, que acabou derrotado pelo Estoril no sábado.

No entanto, o Vitória de Guimarães passa a se preocupar agora com o Sporting, que venceu o Nacional fora de casa, alcançando os 27 pontos na tabela.

Depois de um primeiro tempo equilibrado, os visitantes voltaram melhor para etapa final. Slimani tocou para Carlos Mané, logo aos 5 minutos, que completou para o gol e garantiu a vitória para a equipe alviverde.

O placar também foi pouco movimentado nos demais jogos deste domingo, válidos pela 14ª rodada do Português. O Arouca conseguiu fugir da zona do rebaixamento, chegando ao 14ª lugar após vencer o Marítimo também por 1 a 0, gol marcado por Roberto.

André Simões anotou o gol da vitória do Moreirense sobre o Boavista em casa pelo mesmo placar. Com o resultado, a equipe subiu para a oitava posição, com 20 pontos, deixando o adversário apenas na 12ª colocação, com 13.

No duelo entre duas equipes que correm risco de rebaixamento, Acadêmica e Penafiel não saíram do empate por 1 a 1. Os gols do jogo foram marcados por Ivanildo, para o Académica, e por Quiñones, para o Penafiel.