Bernardinho: “Não foi à estreia brilhante que todo mundo esperava”

  • Por EFE
  • 07/08/2016 15h37
RJ - OLIMPÍADA/VÔLEI MASCULINO - ESPORTES - Partida entre as seleções masculinas de vôlei do Brasil e México, válida pelos Jogos Olímpicos Rio 2016, realizada no Estádio do Maracanãzinho, no bairro do Maracanã, na zona norte do Rio de Janeiro, neste domingo. O Brasil venceu o jogo. Na foto, o técnico Bernardinho. 07/08/2016 - Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDOBernardinho espera uma postura diferente do Brasil na próxima partida

O técnico Bernardinho criticou o rendimento da Seleção Brasileira Masculina de Vôlei em sua estreia os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Empurrada pela torcida que compareceu em grande número no Maracanãzinho, neste domingo, a equipe venceu o México por 3 sets a 1 (23-25, 25-19, 25-14 e 25-18). Bernardinho espera agora ver uma postura melhor do time no confronto da próxima rodada pelo grupo A, nesta terça-feira, contra o Canadá.

“Não foi a estreia brilhante que todo mundo esperava”, admitiu o treinador em entrevista coletiva, na qual ressaltou a importância de virar a página e “se concentrar completamente” no duelos com os canadenses. Contra o México, os vice-campeões olímpicos perderam o primeiro set contra uma seleção que não participava de Jogos Olímpicos há 48 anos.

Bernardinho disse considerar que a velocidade do jogo dos mexicanos desestabilizou o Brasil no começo, mas que sua equipe “aos poucos se ajustou” às necessidades do duelo. “O bloqueio e o serviço foram nossos pontos mais negativos nesta partida”, enfatizou.