Bethe Correia condena postura “assassina” de Ronda e promete se vingar

  • Por Jovem Pan
  • 17/08/2015 12h37
Ronda Rousey nocauteou Bethe Correia em 34 segundos

A luta entre Ronda Rousey e Bethe Correia continua rendendo muito assunto.  Depois do treinador da americana revelar que Ronda gostaria de “quebrar braço, perna ou pescoço de Bethe” no combate do último dia 01 de agosto, a brasileira decidiu se manifestar. Em publicação em seu Instagram, Bethe Pitbull condenou a postura da rival e reforçou seu desejo de enfrentar novamente a ex-judoca para conseguir a “vingança”.

“Fui extremamente criticada e julgada por falta de respeito por uma má interpretação da atual campeã, enquanto a todo momento vi e presenciei a real face dela, se passando de “santa” enquanto sempre falou publicamente que queria me fazer ter um “encontro com Jesus”, que era realmente sua intenção… Em nenhum momento a mídia deu importância a isso. Jamais lutaria com alguém com finalidade de assassinar, todos sabem que quebrar o pescoço não há volta! Nem brincaria com isso, pois querer matar alguém é não se importar com a dor que seus familiares sentiriam! Pois digo a Ronda que estou aqui e vou lutar por uma revanche em 2016, mais forte e amadurecida, nos veremos novamente! Quis lutar com você e consegui. Conseguirei de novo e terei minha vingança no momento certo!”, escreveu Bethe.

Toda a rivalidade entre Ronda Rousey e Bethe Correia teve destaque depois que a brasileira pediu que a americana não se suicidasse depois de ser derrotada. A brasileira só não sabia que o pai de Ronda se suicidou quando a lutadora era criança, e a campeã pesos-galos femininos do UFC não escondeu seu ódio por Bethe após a declaração.