Bia Haddad dá salto e obtém melhor ranking da carreira na WTA

  • Por Estadão Conteúdo
  • 08/05/2017 10h19

Bia Haddad alcançou seu primeiro título na carreira: o ITF de Scottsdale

Bia Haddad alcançou seu primeiro título na carreira: o ITF de Scottsdale

A brasileira Beatriz Haddad Maia obteve nesta segunda-feira seu melhor ranking da carreira até agora. Prestes a completar 21 anos, no fim do mês, a jovem tenista deu um salto de 29 posições e apareceu na 115ª colocação da lista da WTA, graças ao bom desempenho no Torneio de Praga, na República Checa, na semana passada.

Em sua melhor semana no circuito profissional, a número 1 do Brasil emplacou cinco vitórias seguidas, sendo três no qualifying e duas na chave principal. Ela deixou para trás rivais do Top 100, do Top 50 e até do Top 20, como a experiente australiana Samantha Stosur, ex-número 4 do mundo e campeã de Grand Slam.

A boa sequência rendeu preciosos pontos para a brasileira, que tinha como melhor ranking a posição de 144 do mundo, registrado na semana passada. Nesta semana, ela disputará o ITF de Cagnes Sur Mer, na França, como preparação para o qualifying de Roland Garros. Se chegar ao título, poderá até sonhar com a entrada no Top 100 do ranking.

Entre as tenistas mais bem ranqueadas do circuito, Serena Williams segue na ponta, mesmo sem jogar, por estar grávida. A alemã Angelique Kerber segue logo atrás, apenas 65 pontos abaixo da norte-americana. Ela deve alcançar o topo na próxima atualização do ranking, mesmo se não fizer grande campanha no Torneio de Madri, na Espanha, nesta semana.

A checa Karolina Pliskova segue na terceira posição, enquanto a espanhola Garbiñe Muguruza subiu dois postos e ocupa agora a quarta colocação. A eslovaca Dominika Cibulkova continua em quinto lugar, sendo agora seguida pela inglesa Johanna Konta e pela polonesa Agnieszka Radwanska. Ambas ganharam uma posição cada no Top 10.

Estas tenistas ganharam boas colocações porque a romena Simona Halep desabou quatro posições na restrita lista da WTA. Ela figura em oitavo, à frente da russa Svetlana Kuznetsova e da ucraniana Elina Svitolina, que entrou no Top 10 ao ganhar duas colocações. 

Longe do topo, a russa Maria Sharapova conquistou mais dois lugares no ranking, mesmo sem entrar em quadra na semana passada. Em razão da queda de rivais, a russa subiu para o 258º posto, ainda longe de brigar até mesmo por vaga em qualifying de torneios de Grand Slam. Nesta semana, ela competirá em Madri e poderá somar pontos importantes para dar um salto no ranking.

Confira a lista das 20 primeiras colocadas do ranking:

1º – Serena Williams (EUA), 7.010 pontos 
2º – Angelique Kerber (ALE), 6.945 
3º – Karolina Pliskova (RCH), 5.946 
4º – Garbiñe Muguruza (ESP), 4.627 
5º – Dominika Cibulkova (ESL), 4.475 
6º – Johanna Konta (ING), 4.425 
7º – Agnieszka Radwanska (POL), 4.255 
8º – Simona Halep (ROM), 4.206 
9º – Svetlana Kuznetsova (RUS), 4.060 
10º – Elina Svitolina (UCR), 3.955 
11º – Caroline Wozniacki (DIN), 3.910 
12º – Venus Williams (EUA), 3.812 
13º – Madison Keys (EUA), 3.737 
14º – Elena Vesnina (RUS), 2.885 
15º – Petra Kvitova (RCH), 2.835 
16º – Anastasia Pavlyuchenkova (RUS), 2.635 
17º – Kristina Mladenovic (FRA), 2.375 
18º – Barbora Strycova (RCH), 2.175 
19º – Kiki Bertens (HOL), 1.879 
20º – CoCo Vandeweghe (EUA), 1.868 

115º – Beatriz Haddad Maia (BRA), 463
211º – Teliana Pereira (BRA), 245
255º – Paula Gonçalves (BRA), 189
408º – Laura Pigossi (BRA), 84