Blatter pode ter recebido 2 milhões de euros por venda de ingressos

  • Por Lancepress
  • 21/09/2015 07h42
De acordo com jornal O Estado de São Paulo

O escândalo envolvendo a venda de ingressos na Copa do Mundo do Brasil ganhou um novo capítulo neste domingo. Segundo o jornal Estado de São Paulo, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, foi “presenteado” com 2 milhões de euros (cerca de R$ 6 milhões em junho de 2014) pelos empresários que ganharam contratos para comercializar as entradas.

De acordo com o diário, as informações constam em processos registrados na Justiça Americana. Os documentos indicariam que as negociações ilegais dos ingressos começaram em 2003, ainda para a Copa de 2006, realizada na Alemanha.

O esquema venda dos ingressos, que fez a Fifa afastar seu ex-secretário geral, Jerome Valcke, foi denunciado por Marty Schueren, um ex-executivo da iSe, empresa parceira da Fifa. Marty Schueren denunciou, em detalhes, como a empresa pagou a Blatter por ter conseguido a exclusividade na comercialização de alguns pacotes de venda do Mundial da Alemanha.