Blatter, sobre punição a Luis Suárez: “lamento pelo castigo”

  • Por Agência EFE
  • 14/07/2014 18h06
Luis Suárez é o novo reforço do Barcelona

Após o término da Copa do Mundo, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, “lamentou” um dos episódios mais impactantes do torneio: a punição recebida pelo atacante Luis Suárez por morder o zagueiro italiano Giorgio Chiellini.

Suspenso por nove jogos com a camisa da seleção uruguaia, multado em 100 mil francos suíços (R$ 248 mil) e afastado de qualquer atividade relacionada ao futebol por um período de quatro meses, o jogador protagonizou a maior repreensão já vista na história da competição.

“É um dos temas a serem conduzidos pela Fifa. Sua situação como jogador, eu lamento pelo castigo. Dói em mim a punição, mas como presidente da Fifa tenho que aceitar as decisões tomadas nos órgãos independentes”, disse, referindo-se ao Comitê Executivo da entidade.

Blatter não quis se aprofundar sobre o incidente ocorrido na partida entre Uruguai e Itália, ainda pela fase de grupos, mas acredita que o jogador dará a volta por cima no Barcelona, clube que defenderá a partir desta temporada.

“Espero que Luis Suárez volte porque o que ele demonstrou neste Mundial foi uma grande capacidade técnica e tática. Está em uma das melhores equipes do mundo e vai se superar. Espero que volte”, declarou.

Como a Fifa se negou a reduzir a punição imposta, Suárez decidiu que irá apelar à Corte Arbitral do Esporte, em Lausanne, na Suíça, para tentar amenizar as sanções.