Bolívia estreará nas Eliminatórias com brasileiro e base local

  • Por Agencia EFE
  • 24/09/2015 20h21

La Paz, 24 set (EFE).- Sem contar com o volante Ronald Raldes e o atacante Marcelo Moreno, que renunciaram à seleção, a Bolívia apostará em jogadores que atuam no futebol do país e em um brasileiro para a estreia nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, segundo lista anunciada nesta quinta-feira pelo técnico Julio Cesar Baldivieso.

Baldivieso relacionou 30 atletas, dos quais apenas três atuam no exterior. Os meias Danny Bejarano e Martin Smedberg-Dalence jogam pelo Panetolikos, da Grécia, e pelo IFK, da Suécia, respectivamente, enquanto o atacante Sebastián Gamarra defende o Milan.

Entre os jogadores que disputam o Campeonato Boliviano está o zagueiro brasileiro Fernando Martelli, jogador do The Strongest, que completou há apenas dois dias os trâmites necessários para se naturalizar.

Ex-jogador de Vitória, Cruzeiro, Grêmio e Flamengo, Marcelo Moreno renunciou à seleção na semana passada por divergências com o treinador. O mesmo já havia sido feito por Valdes, que era o capitão da equipe.

A Bolívia estreará nas Eliminatórias no próximo dia 8 contra o o Uruguai, em La Paz. Cinco dias depois, o adversário será o Equador, em Quito.

None

Os 30 jogadores convocados para defender a Bolívia nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias são os seguintes:.

None

Goleiros: Romel Quiñónez (Bolívar/BOL), Carlos Lampe (Sport Boys/BOL) e Gustavo Salvatierra (Jorge Wilstermann/BOL).

Defensores: Erwin Saavedra e Ronald Eguino (Bolívar/BOL), Fernando Marteli e Jair Torrico (The Strongest/BOL), Edward Zenteno e Jorge Cuéllar (Jorge Wilstermann/BOL), Juan Carlos Zampiery (Sport Boys/BOL), Miguel Ángel Hurtado (Blooming/BOL) e Luis Aníbal Torrico (Nacional Potosí/BOL).

Meio-campistas: Raúl Castro, Walter Veizaga e Alejandro Chumacero (The Strongest/BOL), Leonel Morales (Sport Boys/BOL), Enrique Flores (Universitario de Sucre/BOL), Alejandro Meleán (Oriente Petrolero/BOL), Mario Parrado (San José/BOL), Rudy Cardozo (Bolívar/BOL), Danny Bejarano (Panetolikos/GRE) e Martin Smedberg-Dalence (IFK/SUE).

Atacantes: Jaime Arrascaita e Juan Carlos Arce (Bolívar/BOL), Samuel Galindo (Petrolero), Rodrigo Ramallo (The Strongest/BOL), Yasmani Duk (Sport Boys/BOL), Gilbert Álvarez (Real Potosí/BOL), Gabriel Ríos (Ciclón/BOL) e Sebastián Gamarra (Milan/ITA). EFE