Bom Senso FC cria campanha online contra censura de faixas em estádios

  • Por Jovem Pan
  • 17/02/2016 18h46
O Bom Senso FC criticou a FPF por conta da repressão às faixas exibidas por torcedores corintianos

O Bom Senso FC lançou, nesta quarta-feira (17), a campanha online #LiberaFaixa para pressionar a Federação Paulista de Futebol contra a censura de faixas de torcidas em estádios. Nas redes sociais, o grupo, que é formado por jogadores e ex-jogadores para reivindicar mudanças no futebol brasileiro, chama torcedores de todos os clubes para lutar pela preservação de seu direito à liberdade de expressão.

“Todo torcedor – não importa o time – também é cidadão e deve ter seu direito à liberdade de expressão preservado. O estádio é um local público e não só pode, como deve, ser palco de reivindicações da sociedade. Por isso, criamos essa campanha para exigir que a FPF garanta o direito à livre manifestação nos estádios e puna dirigentes e entidades que o desrespeitem”, declarou o Bom Senso.

O grupo criou a mobilização no site Panela de Pressão. No endereço indicado, os internautas podem enviar e-mails com um texto próprio ou um pré-redigido diretamente a Coronel Nunes, presidente da CBF, e Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da FPF. Além disso, estão inclusos os endereços da assessoria de imprensa e da ouvidoria da entidade que comanda o futebol paulista.

“Embora a FPF já tenha declarado recentemente que não impedirá a livre manifestação nos estádios, isso não está acontecendo na prática. Precisamos mais do que uma declaração formal. Queremos ações concretas que preservem esse direito, válido não só aos torcedores, mas também a jogadores, árbitros e dirigentes”, continuou o texto.

Em duas partidas do Campeonato Paulista, sendo a última delas no clássico contra o São Paulo, torcedores da Gaviões da Fiel exibiram faixas com críticas à FPF, à CBF, à Rede Globo e ao governo de Geraldo Alckmin. No primeiro caso, contra o Capivariano, a polícia reprimiu os torcedores. No clássico, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira pediu ao capitão corintiano Felipe ajuda para convencer a organizada a retirar as faixas.

“Nós do Bom Senso Futebol Clube temos lutado com a ajuda de torcedores de todo o país pela transparência e democracia no futebol brasileiro. O maior patrimônio cultural do país tem passado por sua pior crise e, nesse momento, calar o torcedor é a última coisa que precisamos para que as mudanças aconteçam de fato”, concluiu o grupo em seu comunicado.