Boston preserva orçamento e acaba fora de disputa para sede dos Jogos de 2024

  • Por Agência EFE
  • 27/07/2015 20h00
Governador de Massachusetts

O Comitê Olímpico dos Estados Unidos (USOC) retirou nesta segunda-feira a pré-candidatura de Boston a sede dos Jogos Olímpicos de 2024, depois que o prefeito da cidade, Marty Walsh, se negou a assinar um contrato com a entidade que comprometia os contribuintes a cobrir custos extras pelo evento.

A resposta do comitê foi retirar Boston da candidatura oficial dos EUA.

“Não é um compromisso que eu posso assumir sem a garantia de que Boston e seus moradores serão protegidos. Cumprimos cada uma das exigências e metas neste processo, mas não podemos pôr em risco os contribuintes”, declarou Walsh em entrevista coletiva.

“Me nego a hipotecar o futuro da cidade, me nego a colocar Boston como responsável por custos extras e me nego a assinar um contrato garantido que comprometa os impostos dos contribuintes a pagar pelos Jogos”, destacou.

O prefeito também alegou que a cidade não teria que assinar um documento como candidata oficial a ser representante dos Estados Unidos no processo de escolha até setembro.