Brasil perde para EUA em amistoso de basquete em Chicago

  • Por Agência EFE
  • 17/08/2014 02h21

Em ChicagoEstados Unidos derrota o Brasil em amistoso de basquete

A Seleção Brasileira de basquete perdeu neste sábado pelo placar de 95 a 78 para a dos Estados Unidos, em amistoso disputado na cidade de Chicago.

As baixas das estrelas do time americano não foram notadas contra o Brasil.

O jogo disputado no United Center de Chicago teve como grande atrativo a volta à competição ativa do ídolo local, o armador Derrick Rose, completamente recuperado das graves lesões de joelho que sofreu nas temporadas passadas.

Rose confirmou que é o novo comandante e líder do jogo dos EUA. O ala-pivô Anthony Davis, do New Orleans Hornets, foi o cestinha ao conseguir 20 pontos com sete rebotes e quatro tocos.

O armador do Bulls, que marcou sete pontos, disse após a partida que “todos sabem que aqui, em Chicago, o basquete é tudo”. “A sensação que tenho para a próxima temporada é também muito boa, mas agora nosso objetivo e concentração está com o time nacional, que a cada dia melhora em todos os aspectos”, disse Rose.

Os EUA, diante das baixas dos homens altos, e a dos cestinhas Kevin Durant e Paul George, se decidiram por uma escalação de armadores e alas que foram sempre superiores a do Brasil, que também demonstrou classe e bom jogo, mas inferior ao time americano.

O mérito do Brasil foi chegar ao intervalo com apenas oito pontos atrás do placar (45-37) e cinco ao terminar o terceiro quarto (68-63).

Mas aí acabou a tentativa do Brasil de surpreender e conseguir a vitória, porque os EUA voltaram a aumentar a vantagem acima dos 10 pontos e o jogo terminou como se esperava, um passeio para a equipe local.

À medida que os minutos passavam o domínio e a vantagem dos Estados Unidos aumentou e o Brasil, apesar de ter jogadores da NBA como Tiago Splitter (San Antonio), Anderson Varejão (Cleveland), Leandrinho (Phoenix) e Nenê (Washington), nada pôde evitar a derrota.