Brasil se garante em quatro finais do Mundial de Natação em Piscina Curta

  • Por EFE
  • 05/12/2014 11h11

O Brasil se garantiu em quatro finais do Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta, nesta quinta-feira, em dia de busca de medalha também para César Cielo, que tentará ouro e o recorde mundial nos 50 metros livres.

O grande destaque da manhã em Doha, no Catar, foi Felipe França, que ontem conquistou três ouros, nos revezamentos 4×50 metros medley e misto, e também nos 100 metros peito. O paulista se garantiu hoje na final dos 200 metros peito com o sexto tempo geral, com o tempo de 2min04s63, um segundo atrás do líder, o húngaro Daniel Gyurta.

Outro a se garantir hoje em prova individual foi Henrique Rodrigues, com o quarto melhor tempo nos 200 metros medley. O melhor tempo da semifinal foi o americano Ryan Lochte, principal favorito ao ouro.

O Brasil também está na final em dois revezamentos femininos, no 4×50 metros medley e no 4×100 metros livres, em provas que terão decisão hoje, assim como os dois atletas individuais.

César Cielo, que se garantiu na final dos 50 metros livre ontem, cairá na piscina em busca de superar o atual campeão mundial em piscina curta, o russo Vladimir Morozov, e o francês Florent Manaudou, seus grandes rivais.

Outra meta do paulista do campeão olímpico é buscar a marca do sul-africano Roland Schoeman, que em 2009 quebrou o recorde da distância ao nadar em 20s30, durante o campeonato de seu pais.

Já Daynara de Paula cairá na água para disputar a final dos 50 metros borboleta, prova que tem como favorita a dinamarquesa Jeanette Ottesen, que teve o melhor tempo das semifinais com 24s91. EFE