Brasileiro que mais levou Champions não se aguenta por final: “ansioso sem jogar”

  • Por Jovem Pan
  • 01/06/2017 17h20

SávioSávio

Sávio Bortolini Pimentel é autoridade quando o assunto é Liga dos Campeões da EuropaEx-atacante do Real Madrid, o capixaba de 43 anos é, ao lado de Daniel Alves e Roberto Carlos, o brasileiro que mais vezes conquistou o maior torneio de clubes do mundo. Foram três títulos, em 1998, 2000 e 2002. 

Mesmo assim, no entanto, ele está com frio na barriga às vésperas do confronto que promete parar o planeta, no próximo sábado, às 15h45 (de Brasília).  

Em entrevista exclusiva a Fausto Favara que vai ao ar no próximo Plantão de Sábado, na Rádio Jovem Pan, Sávio não conseguiu esconder a ansiedade pela final entre Juventus e Real Madrid, em Cardiff. 

“Essa partida é um presente. É incrível, porque, mesmo não jogando mais, eu estou muito ansioso. Joguei várias vezes essa competição e sei da importância que ela tem. Antes, um jogo desses mexia apenas com os países envolvidos. Hoje, não… Ele mexe com o planeta inteiro. Todo mundo vai parar para assistir à esta final”, discursou o ex-atacante.

A inquietação do experiente ex-jogador se justifica… Para Sávio, o jogo entre Juventus e Real Madrid é um dos mais imprevisíveis da história das decisões da Champions. “É a final mais equilibrada dos últimos anos”, cravou. “Os dois times fizeram grandes temporadas. Um foi campeão espanhol, o outro ganhou o Italiano… Ambos têm muita regularidade”.

As diferenças, no entanto, existem – o que não necessariamente faz Sávio apontar um favorito. “De um lado, tem um time com grandes individualidades, muito talento, e, de outro, uma equipe que tem uma noção tática muito forte e um goleiro espetacular. Tudo pode acontecer, definitivamente. Para mim, não tem favorito”.

O coração de Sávio, contudo, baterá mais forte por uma das equipes. O ex-flamenguista torcerá, é claro, pelo Real Madrid, clube no qual jogou entre 1998 e 2003. Pode ser 1 a 0 que não tem problema…”, brincou, ciente de que um título da Juventus faria Daniel Alves superá-lo como brasileiro mais vencedor da história da Champions. “Mas eu acho que o resultado mais provável é o empate. Aconteça o que acontecer, o mais interessante vai ser assistir a essa partida maravilhosa. Quem levar o título vai merecer“. 

Juventus e Real Madrid se enfrentam em mais uma final de Liga dos Campeões da Europa no próximo sábado, às 15h45 (de Brasília), no País de Gales. O clube italiano não é campeão europeu desde 1996. O Real, por sua vez, busca o primeiro bicampeonato consecutivo desde o Milan de Arrigo Sacchi, campeão em 1989 e 1990. Vai pegar fogo!