Breno não teme”chacota” sobre passado e garante: “não esqueci como jogar”

  • Por Jovem Pan
  • 15/01/2015 12h14
SÃO PAULO, SP, 15.01.2015: FUTEBOL-SÃO PAULO - Breno é apresentado no São Paulo, no CT da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo, nesta quinta-feira (15). (Foto: Vanessa Carvalho/Brazil Photo Press/Folhapress)Zagueiro Breno é apresentado no São Paulo

Breno já deixou o fundo do poço agora quer voltar a brilhar nos gramados com a camisa do São Paulo. Apresentado nesta quinta-feira (15), o zagueiro, que passou três anos na preso na Alemanha por ter ateado fogo em sua própria casa, garantiu não ter esquecido como jogar futebol, revelou até que pensou em parar, mas colocou o apoio do Tricolor como fundamental para que isso não acontecesse. Confiante e mais maduro, segundo ele próprio, o atleta que deixou o Morumbi como revelação diz não ter nenhuma “chacota”.

A crise de Breno na Alemanha, como esperado, foi um dos assuntos mais tratados na coletiva do zagueiro, que não se esquivou das respostas. “”Muitas pessoas falaram bastante coisa sem saber. Tive uma sequência boa no Noremberg e acabei sofrendo uma lesão. Operei e fiquei 10 meses tratando. Depois me lesionei outra vez e isso me deixou triste. Quando eu recebi a notícia da nova operação, eu bebi e fiquei inconsciente”, contou. 

Apesar do tempo recluso, Breno garante ao torcedor são-paulino que pode recuperar seu posto na equipe do Morumbi. “”Não esqueci de jogar bola. E podem fazer chacota, porque isso não vai me deixar triste. Eu estou mais maduro agora. O “Breno Monstro” que era antes vai voltar. O “Breno Monstro” vai voltar”, afirmou em referência ao apelido que possuía quando atuava pela equipe paulista.

Questionado se, nos piores momentos, pensou em parar de jogar, o zagueiro de 25 anos admitiu que considerou essa hipótese. “Passava pela cabeça. Mas a gente sempre conversava com o São Paulo, o que me deixava com o pensamento positivo”. O clube do Morumbi assinou contrato com Breno quando ele ainda estava na Alemanha, apostando e apoiando sua recuperação.

Logo no início da pré-temporada, Breno sofreu uma lesão musucular. Contudo, nem isso abalou sua confiança por um ano melhor. “Acho que tudo o que eu já passei foi muito difícil. Essa lesão, claro, não me deixa feliz. Mas também não estou triste. Fiquei muito tempo parado e comecei a treinar agora. Temos o Reffis aqui. Logo estarei em campo outra vez”, finalizou o atleta que se reapresentou antes que o elenco Tricolor e disse estar realizando boa readaptação.