Bruninho comunica saída do RJ Vôlei e reclama de atraso nos salários

  • Por Jovem Pan
  • 03/01/2014 13h16
Bruninho concorre ao prêmio de melhor levantador de 2012

O levantador Bruninho anunciou nesta sexta-feira sua saída do clube RJ Vôlei por questões de falta de pagamento. O atleta escreveu nas redes sociais que aceitou uma proposta do Modena, da Itália, onde já atuou em 2011, e que a decisão de deixar o Brasil foi uma das mais difíceis da carreira.

“Jamais gostaria de deixar amigos, companheiros e uma torcida que nos apóia no meio de uma competição como a Superliga. Mas a situação se torna inevitável e, na nossa curta carreira de atletas, não podemos abrir mão dos nossos direitos como profissionais por praticamente uma temporada inteira”. Ele explicou que desde o início da temporada o elenco recebeu apenas um pagamento e este foi o principal motivo para a mudança, que já vinha sendo pensada há algum tempo, embora estivesse acreditando que o RJ Vôlei pudesse conseguir parceiros e melhorar a situação.

A lamentação do levantador da Seleção Brasileira é a de que este não é um problema exclusivo do clube carioca e que vários colegas estão passando por questões parecidas. Bruninho lembrou ainda a proximidade das Olimpíadas Rio 2016 e pediu desculpas pelo desabafo, reforçando que não faltou empenho para resolver o problema.

“É claro que continuo acreditando no vôlei do Brasil e jogar aqui sempre será minha primeira opção. Mas vejo que devemos nos preocupar com a situação geral do esporte em nosso País. É preciso valorizar o esporte coletivo que mais medalhas olímpicas e mundiais conquistou para o nosso Brasil. Se isso acontece em uma modalidade com tanta visibilidade, e considerada por muitos a segunda mais importante do País, imaginem o que se passa com as que não têm o mesmo espaço na mídia”.

Bruninho agradeceu o carinho que recebeu do RJ Vôlei, clube que defendeu desde 2012, e desejou sucesso aos companheiros e integrantes da comissão técnica.