Bucks surpreendem, vencem Bulls em Chicago e forçam sexto jogo da série

  • Por Agencia EFE
  • 28/04/2015 03h58
Os Bucks venceram os Bulls jogando na casa do adversário

O Milwaukee Bucks colocou fogo na série contra o Chicago Bulls nesta segunda-feira (data local), ao vencer com facilidade a equipe de Derick Rose e Pau Gasol por 94 a 88, em pleno United Center, casa do adversário, resultado que deixou em aberto a vaga nas semifinais dos playoffs da NBA.

Depois de sair perdendo a série por 3 a 0, os Bucks conquistaram a segunda vitória consecutiva, reduzindo a vantagem dos Bulls no duelo. Podem repetir o feito e forçar o sétimo jogo, marcado para Chicago, em caso de novo triunfo na partida que ocorre na próxima quinta-feira, de volta a Milwaukee, no BMO Harris Bradley Center.

A virada, no entanto, é uma missão praticamente impossível se considerada a estatística. Nunca na história da NBA uma equipe conseguiu avançar após perder as três primeiras partidas nos playoffs.

Com controle do placar nos três primeiros quartos, os Bucks viram o adversário esboçar uma reação no último período, resposta insuficiente para conter mais uma boa atuação da dupla formada por Michael Carter-Williams e Khris Middleton, que terminaram o jogo com 22 e 21 pontos, respectivamente.

O armador dos Bucks venceu mais uma vez o duelo contra Derick Rose, apagado no jogo, e ficou perto do triplo-duplo ao também registrar nove assistências e oito rebotes no duelo.

Pelo lado dos Bulls, destaque para Pau Gasol, que terminou como cestinha do jogo em mais um duplo-duplo, com 25 pontos e dez rebotes. Já o armador Jimmy Butler contribuiu também com um duplo-duplo, com 20 pontos, dez rebotes, além de outras seis assistências.

O vencedor do confronto encara o Cleveland Cavaliers, que “varreu” o Boston Celtics, ao vencer a série por 4 a 0. No entanto, o pivô Kevin Love sofreu uma lesão no ombro na última partida entre as duas equipes e deve ficar de fora das semifinais da Conferência Leste dos playoffs.