Campeão na Austrália, Djokovic mantém vantagem na ponta do ranking

  • Por Agência Estado
  • 01/02/2016 11h05
O caminho rumo ao título: confira imagens do Aberto da Austrália

O sérvio Novak Djokovic defendeu seus pontos conquistados no ano passado no Aberto da Austrália e manteve a tranquila vantagem na liderança da nova atualização do ranking da ATP. Com seu segundo título consecutivo no primeiro Grand Slam da temporada, o número 1 do mundo freou uma possível aproximação de Andy Murray, vice-líder, justamente o derrotado na decisão do último domingo.

Sem maiores dificuldades, Djokovic derrotou Murray por 3 sets a 0 para ficar com o título, mesmo resultado do ano passado, quando o britânico também foi batido pelo líder do ranking. Assim, ambos mantiveram os pontos conquistados em 2015 e, por isso, a diferença entre eles seguiu igual: 16.790 a 8.945 para o sérvio.

A terceira posição ainda é de Roger Federer, mas agora com 8.165 pontos, seguido por Stan Wawrinka (6.325) e Rafael Nadal (4.880) Somente então aparece a primeira mudança no Top 10. O espanhol David Ferrer se beneficiou da ida às quartas de final na Austrália, subiu para 4.325 e ganhou duas posições, terminando a semana em sexto. Pior para o checo Tomas Berdych, que também foi às quartas de final, mas defendia mais pontos e acabou caindo de sexto para oitavo, com 4.200.

A outra mudança entre os dez primeiros da lista aparece na sequência. Mesmo eliminado nas oitavas de final em Melbourne, o francês Jo-Wilfried Tsonga ganhou uma colocação e subiu de décimo para nono. Pior para seu compatriota, Richard Gasquet. Ele não disputou o Aberto da Austrália, por conta de uma lesão nas costas, e por isso perdeu os pontos conquistados no ano passado, ficando no limite do Top 10.

Outros destaques desta atualização foram o canadense Milos Raonic e o francês Gael Monfils. Semifinalista na Austrália, Raonic ganhou três posições e agora é o 11.º. Já Monfils, quadrifinalista, subiu oito colocações e entrou no Top 20, saltando de 25.º para 17.º.

Entre os brasileiros, Thomaz Bellucci subiu duas posições mesmo tendo sido eliminado já na segunda rodada em Melbourne. Agora, é o 35.º, com 1.140 pontos. Rogério Dutra Silva ganhou uma colocação e é o 115.º. Já o terceiro melhor do País agora é André Ghem, 153.º do mundo, uma posição à frente de João Souza, o “Feijão”, que caiu para 154.º.

DUPLAS – No ranking de duplas, Marcelo Melo continua na liderança, com 8.360 pontos. Campeões em Melbourne, Bruno Soares e Jamie Murray subiram bastante. O britânico assumiu a segunda posição, com 7.660 pontos, enquanto o brasileiro ganhou 12 posições, voltou ao Top 10 e encerrou a semana em décimo, com 5 160.

Confira a classificação atualizada do ranking da ATP:

1) Novak Djokovic (SER), 16.790 pontos

2) Andy Murray (GBR), 8.945

3) Roger Federer (SUI), 8.795

4) Stan Wawrinka (SUI), 6.325

5) Rafael Nadal (ESP), 4.880

6) David Ferrer (ESP), 4.325

7) Kei Nishikori (JAP), 4.235

8) Tomas Berdych (RCH), 4.200

9) Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.905

10) Richard Gasquet (FRA), 2.760

11) Milos Raonic (CAN), 2.630

12) John Isner (EUA), 2.585

13) Marin Cilic (CRO), 2.495

14) Kevin Anderson (RSA), 2.305

15) Gilles Simon (FRA), 2.235

16) David Goffin (BEL), 1.970

17) Gael Monfils (FRA), 1.800

18) Roberto Bautista Agut (ESP), 1.775

19) Dominic Thiem (AUT), 1.725

20) Bernard Tomic (AUS), 1.720

35) Thomaz Bellucci (BRA), 1.140

115) Rogério Dutra Silva (BRA), 505

153) André Ghem (BRA), 389

154) João Souza (BRA), 386

170) Guilherme Clezar (BRA), 317