Canal lusitano exige desculpas após CR7 jogar microfone de jornalista em lago

  • Por Agência EFE
  • 22/06/2016 14h43
Cristiano Ronaldo perdeu um pênalti no empate em 0 a 0 com a Áustria

O canal lusitano “Correio da Manhã TV” exigiu nesta quarta-feira uma desculpa formal de Cristiano Ronaldo e da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) após o capitão da seleção jogar o microfone de um jornalista em um lago na França.

O diretor de informação da emissora, Carlos Rodrigues, considerou que a atitude mostrada pelo jogador foi “muito grave” e, na sua opinião, “envergonha toda uma nação” porque as imagens já deram a volta ao mundo e não são “edificantes”.

“Somos pelo menos merecedores de um pedido formal de desculpas por parte de Ronaldo e da Federação. Como capitão, Ronaldo tem um papel institucional”, comentou Rodrigues.

O incidente aconteceu durante um passeio matinal dos jogadores da seleção na França antes da partida decisiva desta quarta-feira contra a Hungria, quando um jornalista do “Correio da Manhã TV” se aproximou ao jogador do Real Madrid e perguntou se ele estava preparado para o jogo.

O diretor de informação do canal disse que o grupo de comunicação ao qual o veículo pertence, “Cofina”, tomará medidas “que serão anunciadas ao seu devido tempo para prevenir que isto se repita e para condenar uma atitude lamentável”.