Cantar, cozinhar, ter paciência: craques confessam quais são seus pontos fracos

  • Por Jovem Pan
  • 18/01/2016 17h59
Em entrevista à Fifa

A Fifa aproveitou a presença de grandes craques do futebol mundial no evento da entrega da Bola de Ouro (e outros prêmios) para fazer uma pergunta um tanto constrangedora a cada um deles: no que você é muito ruim? Mesmo um tanto envergonhados, os astros participaram da brincadeira.

Neymar admitiu ser péssimo em cantar. “No que eu sou muito ruim? Cantar. Eu tento cantar e não consigo”. Iniesta, seu companheiro no Barcelona, disse o mesmo. “Cantar. Como todos, posso apenas cantar no chuveiro”, respondeu o espanhol.

Já Marcelo, do Real Madrid, admitiu não ter paciência. “Às vezes eu preciso ter um minuto de calma e não consigo. Isso é ruim”, afirmou o lateral-esquerdo. Kaká, por sua vez, é ruim “desenhando e tocando instrumentos musicais”. Pogba, astro da Juventus, confessou ser péssimo em arrumar a casa.

Cristiano Ronaldo e Sergio Ramos mostraram estar afinados também fora dos campos: ambos não conseguem cozinhar. “Talvez um ovo cozinho”, afirmou o português. Já Jorge Sampaoli, técnico do Chile, fez uma confissão diferente: não consegue parar de pensar em futebol. Por fim, Thiago Silva contou que é ruim no tênis. “Eu tentei uma vez com minha esposa e foi uma maluquice. A bola não conseguia nem passar direito para a outra quadra”, admitiu o zagueiro do PSG.

Clique aqui para assistir ao vídeo da Fifa com a “confissão” de cada jogador.