Caterham perderá os GPs de EUA e Brasil se não concluir a venda da equipe

  • Por Agencia EFE
  • 24/10/2014 16h18
Bernie 180509

Os administradores da equipe Caterham, dos pilotos Kamui Kobayashi e Marcus Ericsson, informaram nesta sexta-feira que o chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, autorizou uma possível ausência da escuderia nos Grandes Prêmios de Estados Unidos e Brasil, caso não haja uma solução para o processo de venda que garanta seu futuro.

Após a desistência por parte do grupo Engavest de comprar a Caterham, anunciada na manhã de hoje, a administradora Smith & Williamson assumiu o controle da escuderia.

A Smith & Williamson informou nesta sexta-feira à tarde que recebeu a permissão de Ecclestone para, caso seja necessário, não participar dos dois próximos GPs e tentar voltar à competição na etapa final, em Abu Dhabi,

A empresa administradora explicou através de um comunicado que já informou a todos os integrantes da escuderia que não terão que retornar à fábrica até que seja concluída a venda da Caterham.