Cavs passam com facilidade pelos Clippers e vencem 12ª seguida

  • Por Agência EFE
  • 06/02/2015 07h29

O ala-pivô Kevin Love (dir.) foi o principal destaque da vitória dos Cavaliers sobre os Clippers

Instagram/Reprodução Cleveland Cavaliers

LeBron James voltou a brilhar nesta quinta-feira e, com 23 pontos e nove assistências, ajudou o Cleveland Cavaliers a passar pelo Los Angeles Clippers, por 105 a 94, na Quicken Loas Arena de Ohio, liderando a equipe em sua 12ª vitória consecutiva.

Kevin Love também se destacou no triunfo do time de Cleveland e foi o cestinha da equipe com 24 pontos, além de nove rebotes. J.R. Smith teve boa participação com 16 pontos, cinco roubadas de bola e cinco rebotes, enquanto o pivô russo Timofey Mozgov chegou aos dez pontos e nove rebotes.

Os Cavs estiveram à frente no placar desde o início do primeiro quarto e chegaram a uma vantagem parcial de 32 pontos no terceiro período, o que permitiu ao treinador deixar suas principais estrelas no banco nos últimos 12 minutos.

Os Clippers demonstraram nervosismo com a superioridade do Cleveland em quadra e acabaram cometendo muitas faltas técnicas. Blake Griffin, com 16 pontos, e Jamal Crawford, com 13, foram os principais pontuadores do time de Los Angeles, que sofreu sua segunda derrota consecutiva e, com a marca de 33-17, ocupa a quinta colocação da Conferência Oeste.

Com a vitória, o Cleveland (31-20) alcançou a terceira posição do Leste, ultrapassando Washington Wizards (31-20) e Chicago Bulls (30-20), e deixa tudo embolado na tabela de classificação da Conferência Leste.

O time da capital, por sua vez, perdeu pela segunda vez nesta semana para o Charlotte Hornets, agora na Carolina do Norte, por 94 a 87, e já soma cinco derrotas consecutivas.

Gerald Henderson foi o grande destaque do jogo com 27 pontos, levando sua equipe à 22ª vitória da temporada, o que a deixa na sétima colocação do Leste.

Pelo Washington, o destaque foi Paul Pierce, com 19 pontos. Já o brasileiro Nenê atuou por 28 minutos e anotou 11 pontos, cinco rebotes e dois tocos.