CBF decide afastar árbitros dos jogos de Corinthians, Palmeiras e Atlético-MG

  • Por Jovem Pan
  • 03/09/2015 17h08
SÃO PAULO,SP,02.09.2015:CORINTHIANS-FLUMINENSE - O árbitro Sandro Meira Ricci e o jogador Marcos Junior durante partida entre Corinthians SP e Fluminense RJ válida pela Série A do Campeonato Brasileiro 2015 no Estádio Arena Corinthians em São Paulo (SP), nesta quarta-feira (02). (Foto: Rodrigo Gazzanel/Futura Press/Folhapress)Sandro Meira Ricci na partida entre Corinthians e Fluminense. Seu auxiliar Fábio Pereira foi um dos punidos

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu afastar provisoriamente árbitros e auxiliares que erraram em quatro partidas desta quarta-feira (2), pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os afastados foram bastante criticados por conta de erros que interferiram no resultado final.

Um deles é o auxiliar Marcelo Barison, que anulou um gol legítimo de Barrios na derrota do Palmeiras para o Goiás no Serra Dourada. Da partida entre Ponte Preta e Cruzeiro, na qual houve muitas reclamações dos pontepretanos, foram suspensos o árbitro Emerson Sobral e e o bandeira Bruno César Chaves Vieira.

No confronto entre Corinthians e Fluminense, vencido pelo Timão por 2 a 0, o bandeira Fábio Pereira anulou um gol de Cícero, que estava em posição legal, e também foi suspenso. Do jogo entre Atlético-MG e Atlético-PR, vencido pelo time do Paraná, Elan Vieira e Marlon Rafael foram os punidos. Os erros em ambas as partidas beneficiaram o Corinthians, que abriu sete pontos de vantagem sorbe o Galo na liderança do Brasileirão.

A CBF informou que a decisão se deve ao “desempenho abaixo do padrão estabelecido” e os árbitros ficarão “afastados das próximas rodadas para treinamentos teóricos e práticos junto à Escola Nacional de Arbitragem”.