CBF remarca partidas da Série A e B por conta de greve da polícia no Recife

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2014 19h13
LINDA, PE, 15.05.2014: GREVE/POLICIAIS/PE - ***FOTO EMBARGADA PARA O ESTADO DE PERNAMBUCO*** O Exército ocupa ruas do bairro de Peixinhos, em Olinda, na região metropolitana de Recife, para conter arrastões na avenida Presidente Kennedy. Agentes da Força Nacional de Segurança Pública, do Exército e da Ciosac (Companhia Independente de Operações e Sobrevivência na Área de Caatinga) já estão em Recife, nesta quinta-feira (15), atuando na segurança no lugar da PM (Polícia Militar), que está em greve desde a terça-feira (13). As tropas vão atuar por tempo indeterminado. Sem policiais militares nas ruas, assaltos e saques foram registrados na região metropolitana do Recife e no interior. (Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem/Folhapress)Greve da Polícia gera diversos saques em comércios de Recife

No fim da tarde desta quinta-feira (15), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) adiou dois jogos marcados para a cidade de Recife neste fim de semana, por conta da greve da Polícia Militar que ocorre no local. Os jogos entre Náutico e Vasco e Sport e Bahia foram remarcados para o mês de junho.

As partida entre o Gigante da Colina e o Timbu, que aconteceria neste sábado (17), foi remarcado para o dia 6 de junho. Já o duelo entre os clubes nordestinos pela Série A, marcado anteriormente para o domingo (18), foi repassado para 4 de junho.

A greve da PM na capital de Pernambuco teve início na última terça-feira e tem como objetivo de reajuste de 50% no salário-base da categoria.

Com a falta de policiais na rua, vândalos começaram a saquear lojas na cidade. O governador João Lyra Neto solicitou a ajuda da Força Nacional de Segurança Pública e do Exército para substituir os grevistas.

Ainda não há previsão de quando o governo entrará em um acordo com a polícia para dar fim a greve.