César Castro não consegue manter série de medalhas no trampolim de 3 metros

  • Por Agência EFE
  • 11/07/2015 21h46
César Castro não conseguiu manter a sequência de pódios no trampolim de 3 metros dos saltos ornamentais

César Castro não conseguiu manter a sequência de pódios no trampolim de 3 metros dos saltos ornamentais, que teve final disputada neste sábado, em que ficou na quarta colocação e foi vencida pelo mexicano Rommel Pacheco.

O brasileiro, que começou mal a disputa e foi se recuperando no decorrer dos seis saltos a que teve direito, chegou a entrar na briga pelo bronze, mas não conseguiu repetir o segundo lugar de 2007, no Rio de Janeiro, e o terceiro de 2011, em Guadalajara.

Castro teve pontuação final de 411,55, 10 pontos atrás do canadense Philippe Gagné, que obteve o bronze.

Pacheco venceu com muita folga, graças a somatório de notas que ficou em 483,35. Logo atrás ficou o também mexicano Jahir Ocampo, medalhista de prata, graças a pontuação 442,15.