Chapecoense empata com San Lorenzo na Argentina pela semifinal da Sul-Americana

  • Por Estadão Conteúdo
  • 03/11/2016 08h46

Gol de Ananias deixou a Chapecoense viva na briga por uma vaga na final da Sul-Americana

Gol de Ananias deixou a Chapecoense viva na briga por uma vaga na final da Sul-Americana

A Chapecoense deu um passo importante na busca pela inédita vaga na final da Copa Sul-Americana. O time catarinense empatou com o San Lorenzo por 1 a 1 nesta quarta-feira à noite, em pleno Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires, na partida de ida da semifinal.

Com o resultado, o time brasileiro pode jogar por um empate sem gols no próximo dia 23 de novembro, quando recebe o adversário na Arena Condá para o jogo de volta. Um empate com dois ou mais gols classifica os argentinos e um novo 1 a 1 leva a definição da vaga para os pênaltis.

O time catarinense começou bem, com personalidade, indo ao ataque e mostrando seu jogo. Mas levou o gol argentino aos 29 minutos marcado por Cauteruccio, após cobrança de falta que passou por toda a área e enganou o goleiro. A chapecoense sentiu o golpe e só foi se equilibrar no segundo tempo. Empatou aos 16 minutos com Ananias, após boa jogada pela esquerda, e valorizou a posse de bola.

Na outra semifinal, Cerro Porteño e Atlético Nacional também ficaram no empate por 1 a 1, terça-feira, no Defensores del Chaco, casa do Cerro, em Assunção, no Paraguai. O jogo de volta, no dia 24, será no Atanasio Girardot, em Medellín, na Colômbia. O favorito é o Atlético, atual campeão da Copa Libertadores da América.