Chelsea suspende preventivamente torcedores acusados de racismo

  • Por Jovem Pan
  • 19/02/2015 17h07
Caso sejam confirmadas as acusações

O bom resultado conquistado pelo Chelsea diante do PSG, fora de casa, no jogo de ida das oitvas de final da Liga dos Campeões foi ofuscado por mais um triste caso de racismo. Enquanto o caso é investigado, o clube inglês resolveu suspender preventivamente seus torcedores acusados de impedir a entrada de um homem negro no metrô de Paris, além de cantar insultos racistas.

“Chelsea Football Club está suspendendo do Stamford Bridge (estádio do clube) três pessoas em decorrência do resultado das investigações sobre o incidente no metrô de Paris. Se forem encontradas evidências suficientes sobre seu envolvimento, o clube emitirá banimentos por toda a vida”, informou nota divulgada no site oficial da agremiação.

Além disso, o Chelsea se comprometeu a continuar colaborando coma as investigações e pediu ajuda de testemunhas que possam dar informações a respeito do episódio. O caso tem gerado inúmeras discussões e declarações pelo mundo do futebol, que já vinha falando do assunto após Arrigo Sacchi, treinador da Itália na Copa do Mundo de 1994, afirmar que há “muitos negros” nas categorias de base do país.