Chilavert comemora renúncia de Blatter e pede saída de dirigentes da Conmebol

  • Por Agência EFE
  • 02/06/2015 21h07

O ex-goleiro da seleção paraguaia José Luis Chilavert comemorou nesta terça-feira a renúncia de Joseph Blatter à presidência da Fifa e disse que algo similar deveria ocorrer na Conmebol, presidida por seu compatriota José Ángel Napout.

Chilavert pediu “eleições livres” na entidade sul-americana, que por enquanto não se pronunciou sobre a renúncia do dirigente suíço, de 79 anos.

“Se Blatter renunciou, o mesmo deveria acontecer na Conmebol”, que sofre com uma “corrupção terrível”, declarou Chilavert em entrevista à rádio Cardenal, de Assunção.

O ex-jogador acrescentou que na Conmebol nunca houve eleições livres e pediu também que a Associação Paraguaia de Futebol seja investigada desde que passou a ser presidida por Óscar Harrison, que ficou no poder em dois períodos: 1994-1998 e 1998-2007.