Chile é o primeiro anfitrião desde 2001 a ser semifinalista da Copa América

  • Por Agência EFE
  • 25/06/2015 14h23

O Chile é o primeiro país anfitrião a ser semifinalista da Copa América desde 2001

EFE Jogadores da seleção chilena comemoram

A vitória da seleção chilena sobre o Uruguai por 1 a 0, nesta quarta-feira, decretou o encerramento de um jejum de 14 anos na Copa América, já que desde 2001 o país anfitrião sempre caía nas quartas de final.

Os dois últimos donos da casa que foram eliminados nesta fase, Argentina (2011) e Venezuela (2007), caíram justamente após partidas contra a Celeste. Anteriormente, os peruanos (2004) foram batidos pelos atuais vice-campeões mundiais.

A última seleção a se colocar entre as quatro melhores da competição atuando em seus domínios foi a Colômbia, que superou os peruanos por 3 a 0 nesta primeira eliminatória, depois eliminou Honduras e bateu o México na final.

Graças ao gol marcado pelo lateral-direito Mauricio Isla, os chilenos foram os primeiros a garantir lugar nas semifinais da Copa América, e agora esperam o vencedor do confronto entre Peru e Bolívia, que sairá hoje.

Na outra chave, argentinos e colombianos duelarão nesta sexta-feira, e aguardarão até o dia seguinte para conhecer o rival, que virá do confronto entre Brasil e Paraguai, que acontecerá um dia depois.