Chilenos dividirão US$ 2,5 milhões se chegarem às oitavas de final

  • Por Agencia EFE
  • 30/05/2014 16h15

Prêmio pode chegar a US$ 15 milhões se forem campeões

Chilenos dividirão US$ 2

Os jogadores da seleção do Chile dividirão um prêmio de US$ 2,5 milhões se chegarem às oitavas de final da Copa do Mundo, quantia que pode aumentar até US$ 15 milhões se forem campeões.

Os representantes do elenco e da Associação Nacional de Futebol Profissional (ANFP) acertaram na última quinta-feira os valores e a forma como serão repartidos, segundo as informações publicadas pela imprensa nesta sexta-feira.

Os jogadores ficarão com metade do dinheiro pago pela Fifa depois que forem descontadas as despesas operacionais que a federação chilena terá durante o Mundial, como hospedagem e deslocamentos, que custarão aproximadamente US$ 4 milhões.

Cada seleção tem garantido um prêmio de US$ 8 milhões por participar da Copa do Mundo. As que passarem para as oitavas receberão US$ 9 milhões. Subtraindo as despesas, os 23 atletas chilenos terão cerca de US$ 2,5 milhões para dividir, o que dá pouco mais de US$ 100 mil para cada um.

Se o Chile se classificar para as quartas de final, o prêmio a ser dividido será de US$ 4 milhões, valor que aumentará progressivamente até US$ 15 milhões caso a seleção levante a taça na final do dia 13 de julho, no Maracanã.

A missão para os chilenos não será fácil. A seleção está no Grupo B, ao lado das tradicionais Espanha e Holanda, além da Austrália, sua adversária na estreia no dia 13 de junho, na Arena Pantanal.

Nesta sexta-feira, em Santiago, o Chile disputará contra o Egito o penúltimo amistoso de sua preparação antes de viajar para o Brasil, no dia 5 de junho.