Chinesa que tomou ‘banho’ de champanhe minimiza incidente com Hamilton

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2015 16h59
EFE Hamilton se empolga ao comemorar o primeiro lugar no Grande Prêmio da China

Depois da muita polêmica gerada pelo ato de Lewis Hamilton depois do Grande Prêmio da China, quando o piloto da Mercedes jogou champanhe no rosto de uma funcionária que estava trabalhando no evento, a própria chinesa de 22 anos de idade, chamada Liu Siying, fez questão de minimizar o incidente.

“Só durou um ou dois segundos e eu não pensei muito nisso. Acho que a imprensa estrangeira é mais sensível para esse assunto do que a local. Eu apenas fui solicitado pelo meu chefe para ficar em pé lá no pódio e foi isso que fiz”, disse a moça, em entrevista ao jornal chinês Shanghai Daily.

Em seu blog, a chinesa também pediu para que as pessoas não dessem tanta importância ao caso e solicitou às pessoas que não “explorem” muito o assunto.

Depois do GP da China, quando Hamilton, Nico Rosberg, também da Mercedes, e Sebastian Vettel, da Ferrari, subiram ao pódio, o tradicional banho de champanhe foi visto entre os pilotos e também com funcionários das equipes e do circuito. O episódio envolvendo Hamilton e Siying só rendeu discussão depois que uma foto foi divulgada no momento em que o britânico direciona o jato ao rosto da chinesa e ela aparenta estar um pouco incomodada.