Cidade de Miami se opõe a construção do estádio do time de Beckham

  • Por EFE
  • 24/04/2014 13h17
ReproduçãoDavid Beckham

Uma assembleia comunitária realizada na cidade de Miami Beach, nos Estados Unidos, terminou com voto contra ao projeto da construção de um estádio de futebol que receberia jogos da equipe do ex-jogador inglês David Beckham.

Em reunião realizada nesta quarta-feira na prefeitura da cidade, membros da comissão de funcionários da administração municipal e moradores demonstraram preocupação com o aumento do tráfego de automóveis na região do porto, onde a estrutura seria construída.

Por isso, houve negativa ao estádio, que teria capacidade para 25 mil pessoas, do clube que ainda não foi oficialmente fundado, e que aguarda justamente a liberação da construção das instalações para ter estreia na MLS (liga profissional americana) marcada.

No início deste mês, a comissão da cidade chegou a dar voto simbólico de boas-vindas ao projeto da construção do estádio, mas já apresentou oposição ao local indicado inicialmente pelo projeto.

A empresa americana Royal Caribbean chegou a custear uma campanha contra o equipamento esportivo. A alegação é que poderia haver impacto econômico negativo, além da perda de milhares postos de trabalho.

O prefeito de Miami, Tomás Regalado, garantiu recentemente à Agência Efe, que o estádio na região do porto teria impedimentos legais para ser construído, já que no local apenas podem ser estabelecidas apenas atividades portuárias.