Cleveland: a cidade que respira esporte, mas não tem um campeão desde 1964

  • Por Bruno Bataglin/Jovem Pan
  • 18/06/2015 18h03

BrownsCleveland Browns

O jejum continua. Nesta última terça-feira (16), o Cleveland Cavaliers foi derrotado no jogo 6 das finais da NBA pelo Golden State Warriors e, outra vez, bateu na trave, mas não conseguiu ficar com o título da maior liga de basquete do mundo. E isso é só mais uma pequena frustração para a cidade.

Cleveland, localizada no estado de Ohio, abriga, reconhecidamente, alguns dos torcedores mais fanáticos por seus times dos Estados Unidos. Mesmo assim, as equipes profissionais da cidade não faturam um título sequer há mais de 50 anos.

O último time que levantou um troféu na localidade foi o Cleveland Browns, equipe de futebol americano da National Football League, a famosa NFL, que conquistou o campeonato em 1964, contra o Baltimore Colts, quando o icônico Super Bowl, atual final da NFL, ainda nem existia (foi criado em 1967). Desde então, os Browns chegaram à decisão apenas em mais uma oportunidade (em 1965), quando perderam para o Green Bay Packers, e agora mantêm um jejum até em termos de classificação para os playoffs (o mata-mata), o que não se concretiza desde 2002.

O Cleveland Cavaliers, após a derrota nesta semana para os Warriors, sofreu seu segundo revés em finais da National Basketball Association (NBA), já que, antes disso, só havia avançado ao jogo decisivo na temporada 2006-07 e, na ocasião, foi ‘varrido’ pelo San Antonio Spurs (perdeu por 4 jogos a 0). Os Cavs, como também são conhecidos, jamais foram campeões em seus 45 anos de existência.

Por fim, vamos ao Cleveland Indians, outra ‘vítima’ de um jejum bastante amargo. O time da Major League Baseball (MLB) sagrou-se campeão pela última vez no longínquo ano de 1948, quando ficou com o título da World Series ao superar o Boston Braves por 4 jogos a 2. Desde esse último troféu, os Indians foram às finais do beisebol por três vezes (1954, 1995 e 1997), mas acabaram sendo derrotados em todas.

O esporte americano torce para que a cidade volte a gritar “campeão”. Se não deu para os Cavaliers por enquanto, ainda restam esperanças em relação aos Browns, que em setembro começam sua caminhada na busca de uma vaga nos playoffs, e aos Indians, que estão no meio da temporada da MLB. Os próprios Cavs, em outubro, recomeçam sua jornada na NBA e a expectativa é que LeBron James continue comandando a equipe.