COI anunciará em quatro semanas se vai ou não adiar Jogos Olímpicos

  • Por Jovem Pan
  • 22/03/2020 16h11 - Atualizado em 23/03/2020 08h49
EFE/EPA/LAURENT GILLIERONO presidente do COI, Thomas Bach

O Comitê Olímpico Internacional (COI) estabeleceu um prazo de quatro semanas para decidir se vai ou não adiar os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 devido à crise de saúde desencadeada pela pandemia de coronavírus.

Em reunião extraordinária do órgão executivo da entidade, também foi definido que o cancelamento dos Jogos não é uma possibilidade.

Presidente reticente

Em entrevista ao grupo de comunicação alemão SWR, o presidente do COI, Thomas Bach, argumentou que “você não pode adiar os Jogos Olímpicos como se fossem uma partida de futebol no próximo sábado”. “Essa é uma empreitada muito complicada, em que você só pode agir com responsabilidade se tiver bases claras e confiáveis para a tomada de decisões. Nós estamos observando o cenário 24 horas por dia”, completou.

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) defende a ideia de transferir os Jogos para o ano que vem, assim como o comitê da Noruega, federações de atletismo e de natação dos Estados Unidos, federações de futebol e atletismo da Espanha e natação da França.