Coletiva JP: após vitória, Tite mantém os pés no chão: “buscamos o equilíbrio”

  • Por Jovem Pan
  • 28/06/2015 12h07
durante o jogo realizado esta tarde na Arena Corinthians entre Corinthians/SP x Figueirense/SC, valido pela 9a. rodada do Campeonato Brasileiro de 2015. Juiz: Igor Junio Benevenuto - Sao Paulo/Brasil - 27/06/2015. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. CorinthiansTite destaca momento de reconstrução do Corinthians

A vitória e a boa atuação do Corinthians na vitória por 2 a 1 sobre o Figueirense, na noite deste sábado (27), na Arena Corinthians foi comemorada, mas não empolga o técnico Tite. O treinador corintiano destacou, após o jogo, que o Timão vive um momento de reconstrução em busca de um ponto de equilíbrio.

“A equipe está procurando seu ponto de equilíbrio. Ter um só volante é bem diferente de ter dois, por isso eu queria o Bruno Henrique. Lançar o Marciel, que sempre trabalhou de segundo volante na base, é um risco muito grande. Foi merecido o placar, mas ainda há a busca pelo equilíbrio”, afirmou Tite.

Após mudanças no elenco e mau desempenho nos últimos jogos, Tite afirma que o elenco corintiano precisa de apoio e pediu colaboração do torcedor: “o que passo para o torcedor é: agora é o momento de a equipe adquirir confiança, não é o momento de cobrança dela. O Malcom se firmando, o Luciano, que é garoto, o Vagner, que está tendo uma sequência. É a afirmação de Uendel. O torcedor tem de ter muita calma neste momento e ajudar a passar confiança para os atletas”, comentou.

No segundo tempo do jogo contra o Figueirense, Tite promoveu a estreia do jovem volante corintiano Marciel. Com os pés no chão, o treinador alvinegro destacou que o jogador atuou em uma função diferente do que está acostumado e valorizou o jovem.

“Aos poucos vai brigar (para se firmar na equipe titular), eu seria mágico se conseguisse tirar uma conclusão em 30 minutos. O que passei para ele era trabalhar de primeiro volante, e ele nunca jogou assim. Jogaria Cristina ou Ralf e ele. E fica mais difícil ainda com Jadson e Renato à frente que precisam criar. Teve a prova de fogo para entrar num momento tenso do jogo. Depois coloquei o Yago de primeiro volante, e aí ele fez o segundo pelo lado esquerdo”, afirmou o treinador.

A vitória aproximou o Corinthians do G4 que, com 16 pontos, ocupa a sexta posição do Brasileiro. Na próxima rodada, o Timão enfrenta a Ponte Preta, na Arena Corinthians, na próxima quinta-feira (2).